3 de abr de 2007

Hebreus


Tudo quanto se refere à civilização hebréia, nos é passado em grande parte, pela Bíblia.
Os salmos eram os principais cantos sacros, atribuídos a David, musicista e um dos chefes do exército israelita. Era David quem acalmava Saul, rei de Israel, nos seus acessos de cólera ou de melancolia, ao som dos acordes da sua harpa.
David tinha o hábito de reunir o povo em praça pública, convocando os melhores instrumentistas do reino, proporcionava a todos um meio de ouvir música, e também formava coros de mais de mil pessoas.
Quanto aos instrumentos é provável que se originassem dos instrumentos egípcios e árabes. Possuíam um instrumento de sopro reservado ao culto chamado shofar, e era fabricado com um chifre em espiral. Usavam trompas, flautas e pandeiros de origem egípcia e pratos de metal de origem árabe.
A música dos hebreus era rica de instrumental. Tocavam e cantavam provavelmente em uníssono, como os demais povos da antiguidade. Algumas raríssimas melodias tradicionais hebraicas foram encontradas e conservadas numa sinagoga do Cairo.

Nenhum comentário: