23 de abr de 2014

Gaita de Foles


Instrumento de palhetas em que um odre funciona como reservatório de ar. O ar ou é soprado para dentro do reservatório pelo gaiteiro ou insuflado mediante um fole operado pelo braço do gaiteiro. O ar armazenado desse modo alimenta continuamente o chanter, que é o tubo principal do instrumento, onde a melodia é tocada pelos dedos do gaiteiro. 
Há também de dois a quatro drones (os bordões da gaita de foles), não dedilhados, e que produzem o som constante. O chanter tanto pode ser cilíndrico, usualmente com uma única palheta dupla. As gaitas de foles têm uma história longa e um tanto obscura, mas são ainda usadas na Ásia e na África, assim como na França, Espanha, Portugal, Escócia e Irlanda.

História da Gaita de Foles - clique aqui.

Nenhum comentário: